CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Filme do Dia: Education for Death (1943), Clyde Geronimi




Education for Death (EUA, 1943). Direção: Clyde Geronimi. Rot. Adaptado: Gregor Ziemer, baasedo no livro Education for Death.

Foi preciso a polarização ideológica radical dos anos intensos da Segunda Guerra para fazerem os estúdios Disney trilharem em registro bastante diverso do habitual. Nessa peça de propaganda um garoto bonzinho e humanista é condicionado, como os outros coleguinhas de classe, a se transformar num insensível e robotizado soldado a desfilar nas impessoais fileiras nazistas. Em três pontos básicos, o filme difere do padrão moral da Disney, mesmo que reproduza sua estética: quando o um lobo devora de um lance só um coelho, o que provoca a revolta do garoto que precisa ser “adestrado”; numa referência mais explícita à sexualidade, satiriza a Bela Adormecida (que ganhará uma versão longa-metragem posterior assinada pelo mesmo diretor) travestida de gorda e voluptuosa valquíria a ser salva pelo cavalheiro (ninguém menos que Hitler); por fim, seu final não apresenta nenhum sinal de redenção da criança, apresentando  um final atipicamente “infeliz” e mesmo chocante em sua recusa a uma catarse ainda que pelo riso, ao apresentar a marcha de uma juventude soldadesca que se transforma em crucifixos adornados com capacetes militares em um cemitério. Destaque para o momento em que a criança, típico herói disneyano de bom coração, vê-se oprimido em seu castigo público diante dos colegas de classe, pelas fotos de Hitler, Göhring e Goebbels.  Assim como a transformação da Bíblia em Mein Kampf e do Crucifixo numa adaga. Devido a sua agressividade e ao peso de sua temática, refletido no próprio título, foi proibido por Disney de voltar a ser lançado sob qualquer formato, porém bem depois de sua morte, em 2004, viria a integrar uma coletânea vinculada a Grande Guerra. Walt Disney Prod. para RKO Radio Pictures. 9 minutos e 51 segundos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário