CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

terça-feira, 8 de março de 2016

Filme do Dia: Janela da Alma (2001), Walter Carvalho & João Jardim


Janela da Alma Poster

Janela da Alma (Brasil, 2001). Direção e Rot. Original: Walter Carvalho & João Jardim. Fotografia: Walter Carvalho. Música: José Miguel Wisnik. Montagem: Karen Harley & João Jardim.
Documentário que procura registrar algumas interpretações sobre o olhar a partir de referenciais diversos (artistas ou  pessoas com  algum grau de dificuldade de visão ou as duas atribuições simultaneamente). O resultado final, embora com eventuais momentos de boas leituras sobre o olhar, seja no caso de percebe-lo como intrinsecamente ligado às emoções (Oliver Sacks), como um testemunho pessoal sobre o que Sacks refere-se (caso de Varda, relembrando a filmagem do ente querido que perdeu, o cineasta Jacques Demy) ou como uma leitura social de fundo pessimista sobre o excesso das imagens no mundo dito pós-moderno (Saramago, Wenders), soa um tanto quanto vago e pouco estimulante. Entre os momentos do mais fino humor, encontra-se Saramago fazendo referência ao fato de se possuímos uma acuidade visual exarcebada, certamente Romeu não sentiria os mesmos encantos por Julieta, já que perceberia toda a gama de impurezas que revestem a nossa pele. O fotógrafo cego Evgen Bavcar,  o vereadorgo Arnaldo Godoy, o cineasta Walter Lima Jr., o escritor João Ubaldo Ribeiro, o músico Hermeto Paschoal, as atrizes Hanna Schygulla e Marieta Severo também prestam seus depoimentos.  Ravina Filmes. 73 minutos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário