CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sábado, 11 de abril de 2015

Filme do Dia: Wort und Tat (1938), Fritz Hippler, Ottoheinz Jahm, Gustav Ucicky & Eugen York



Wort und Tat (Alemanha, 1938). Direção: Fritz Hippler, Ottoheinz Jahm, Gustav Ucicky & Eugen York.
Curta de propaganda nazista que explora, sem muitas sutilezas, e através de momentos de montagem alucinadamente acelerada, o contraste entre a época de Weimar, descrita como decadente econômica e socialmente e espúria e os novos tempos sob a égide do nacional-socialismo, onde se destaca as virtudes das atividades esportivas, da produtividade e do arianismo. Nessa peça de retórica visual – tal como O Triunfo da Vontade, de Riefensthal não existe uma narração over que estruture as imagens - sem muita sutileza, ao contrário dos documentários longos de Riefensthal, aparentemente se contrapõe uma sucessão de eventos calamitosos associados aos conflitos de rua, a inflação e a vida noturna desregrada de Weimar, numa montagem acelerada, nos quais planos de menos de um segundo são constantes, com um momento posterior de calmaria, a partir do discurso de uma liderança nazista. Como se através da própria montagem se fizesse menção a um período de maior estabilidade e progresso social e moral. Quando novamente uma sequencia de montagem acelerada vem a se fazer presente, agora vem justamente destacar elementos que se contrapõem a equivalente sequencia anterior. A determinado momento se observa por um período relativamente longo o discurso de Mussollini, quando de sua visita a Alemanha. DFG/Reichspropagandaleitung der NSDAP. 10 minutos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário