CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Filme do Dia: Salomé (2002), Carlos Saura

Salomé (Espanha, 2002). Direção e Rot. Original: Carlos Saura. Fotografia: Teo Delgado & José Luis Lopes-Linares. Montagem: Julia Juaniz. Dir. de arte: Carlos Saura. Figurinos: Pedro Moreno. Com: Aída Gómez, Peré Arquillué, Peco Mora, Carmen Villena, Javier Toca.
        O ensaio-geral da montagem da famosa história bíblica de Salomé para o universo da dança. Salomé (Gómez), que é objeto do desejo do Rei Herodes (Peco Mora) se apaixona por João Batista (Javier Toca), que a rejeita. Como vingança, Salomé casa com o Rei, com a condição que ele corte a cabeça de João Batista. Ele o faz, mas Salomé demonstra todo seu amor pelo morto, provocando a ira de Herodes, que também manda matá-la.
        Cada vez mais Saura vem depurando seus filmes de tudo o mais que não seja a dança e seus elementos cenográficos e dramáticos.  Enquanto em Tango, era o universo da famosa música nacional argentina que era privilegiada, aqui é sobretudo a dança flamenca (que já foi objeto dos filmes que o cineasta realizou com Paco de Lucia)  mesclada com a dança clássica espanhola. Embora ainda apresente uma introdução documental desnecessária, em que os dançarinos falam um pouco de suas próprias carreiras, o filme deixa fluir o ensaio geral do espetáculo, que é o que realmente importa, embora tampouco o cineasta deixe de lado seu magistral domínio dos artifícios cinematográficos, com toda uma gama de elaborados movimentos de câmera, buscando melhor captar os atos de seus dançarinos, nesse sentido se opondo a Louis Malle e seu equivalente ensaio geral para o teatro em Tio Vânia em Nova York, onde até mesmo a virtuosidade dos recursos cinematográficos fica em segundo plano. O resultado final, para o bem e para o mal, ao mesmo tempo em que procura efetivar o desafio de narrar toda a história contando apenas com a dança, a expressão dos atores, cenografia e iluminação, conta igualmente com o resumo da história, apresentado anteriormente pelo diretor do projeto e algumas de suas indicações para as ações dos atores, torna-se também eventualmente cansativo. ZVE/Zebra Producciones S.A. 85 minutos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário