CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Filme do Dia: Vereda Tropical (1977), Joaquim Pedro de Andrade

Vereda Tropical (Brasil, 1977). Direção:  Joaquim Pedro de Andrade. Rot. Adaptado: Joaquim Pedro Andrade, a partir do conto de Pedro Maia Soares. Fotografia: Kimihiko Kato. Montagem: Eduardo Escorel. Cenografia e Figurinos: Pedro Nanni. Com: Cláudio Cavalcanti, Carlos Galhardo, Cristina Aché.
Acadêmico que se encontra escrevendo sua tese de pós-graduacão é tarado por melancias e conta sobre suas aventuras amorosas a uma amiga também pós-graduanda. Ao final, acaba convencendo sua amiga a também se tornar adepta do sexo com legumes e frutas. Curioso episódio realizado para longa-metragem de igual título, cuja dimensão paródica permanece um tanto quanto obscura – sátira a inocuidade do mundo acadêmico diante da ditadura? Ao cinema romântico pausterizado guiado pelo cânone melodramático? Mais importa, no entanto, seu nonsense construído a partir de situações de dialogo aparentemente realistas ou a hilária seqüência inicial do ato sexual precoce com a melancia ou ainda a afetação homossexual na seqüência em que o protagonista anda de bicicleta com sua amiga. Irregular, com momentos pretensamente cômicos que não funcionam, o filme fecha com um cantor romântico - Carlos Galhardo -  em um cenário kitsch. 25 minutos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário