CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

terça-feira, 11 de novembro de 2014

A Expulsão de Adão e Eva do Paraíso, 1791

Por volta de 1779, Benjamin West havia concebido a "grande obra" de sua vida, pretendendo reconstruir a Capela Real do Castelo de Windsor como um santuário da Religião Revelada. Após patrocinar o projeto que havia sido elaborado por duas décadas, George III subitamente o cancelou em 1801. Apesar do projeto como um todo ter sido abandonado, muitas pinturas individuais,incluindo a Expulsão, de quase três metros, foram completadas.

O Livro do Gênesis não indica como o primeiro homem e mulher foram expulsos do Éden, mas os artistas geralmente retrataram o arcanjo Miguel como agente do ódio divino. Os pecadores vestem robes de peles porque Deus os vestiu com "casacos de peles" para que não se sentissem envergonhados diante de sua presença. A serpente, agora amaldiçoada dentre as criaturas, desliza sobre sua barriga comendo poeira. O feixe de luz que se sobrepõe as cabeças refere-se a "espada flamejante" no Gênesis.

A Expulsão de West contém dois motivos não encontrados no Gênesis ou em qualquer das pinturas tradicionais sobre o tema: uma águia atacando um indefeso pássaro e um leão perseguindo assustados cavalos. Em termos gerais, esses predadores representam a destruição da harmonia resultante do Pecado Original. Independente de qualquer simbolismo posterior, o tratamento artístico concebido por West antecipa o estilo romântico com seus gestos teatrais, ricas texturas e contraposições entre luz ofuscante e sombria escuridão.

Texto: National Gallery of Art. Nova York: Thames & Hudson, 2005, pp. 218.

2 comentários:

  1. Você já leu o livro A Bíblia segundo Beliel?
    É muito interessante e trata algumas questões de forma não dogmática.
    Aliás, esse livro, que é o mais vendido no mundo, é um grande romance: há final para todos os gostos e sabores, com todo respeito.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Nunca havia ouvido falar Beth...vou dar uma procurada. Os temas bíblicos me interessam sobretudo por sua recorrência na cultura, pois boa parte das maiores obras da pintura, literatura e até mesmo o cinema estão evidentemente vinculadas à elementos da tradição bíblica. Grande abraço e valeu pelo toque.

    ResponderExcluir