CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Filme do Dia: Cine-Fragmentos (2005), Alain Cavalier

Cine-Fragmentos (Le Filmeur, França, 2005). Direção, Rot. Original e Fotografia: Alain Cavalier.
Essa seleção de imagens coletadas por mais de dez anos por Cavalier em ritmo de diário possui as virtudes e defeitos que esse gênero de longa tradição, mas pouco conhecido (foi uma forma freqüentemente utilizada por alguns dos nomes mais relevantes do New American Cinema, por exemplo), padece normalmente. Aliás virtudes e defeitos são igualmente derivadas dessa possibilidade potencial de recorte do mundo a partir do viés mais intimista possível, que tanto pode ser a expressão mais próxima da subjetividade individual em um gênero não ficcional quanto se enredar quase que inevitavelmente em um excessivo narcisismo auto-complacente e ambas essas características estão presentes na obra de Cavalier que radicaliza sua proposta ao não inserir elementos de estrutura ficcional em seus fragmentos, ao contrário de alguns documentários que trabalham com questões pessoais bem próximas de seus realizadores como 33 e Codinome: Alejandro. Narrado do início ao final pela voz off de Cavalier, trata-se de uma experiência que longe da domesticação que tal processo já sofreu no âmbito dos reality shows da televisão, procura algo de poético na realidade mais banal do cotidiano, e raramente consegue transcender esse mesmo banal. Caméra One. 97 minutos.                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário