CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Filme do Dia: La Muerte de Pinochet (2011). Iván Osnovikoff & Bettina Perut

La muerte de Pinochet

La Muerte de Pinochet (EUA, 2011). Direção e Rot.Original: Iván Osnovikoff & Bettina Perut. Fotografia: Pablo Valdés.

Documentário que parte de alguns “personagens”, observados em filmagens durante o momento imediatamente posterior a morte de Pinochet, vários anos antes. Nesse momento posterior, eles efetuam uma tentativa de racionalização e ou comentário a respeito de suas reações. O filme se detém em apresentar seus depoimentos. A maior parte dos depoentes é de simpatizantes irrestritos a “Mi General”, como é conhecido popularmente Pinochet. O entrevistador não questiona em nenhum momento as posições sejam dos simpatizantes ou dos detratores. Ao mesmo tempo que tal opção se aproxima de uma ética contemporânea, que prefere não efetuar julgamentos sobre aqueles aos quais se relaciona, existe um evidente comodismo de apenas se “apresentar” uma realidade, sem ter a necessidade de qualquer elaboração posterior. Nesse sentido, os parcos comentários over vão apenas ajudar a situar o contexto e a proposta do documentário. Acompanha-se, inclusive, uma sociedade que possui como maior objetivo a preservação da memória de Pinochet, comandada por um dos entrevistados. Num de seus momentos mais significativos, uma das depoentes faz uma comparação estapafúrdia com ela, como dona de casa, que não sabe que sua empregada passa açúcar para outra empregada sem que ela se dê conta; tal analogia serviria para desculpar Pinochet por não se encontrar consciente do que seus subordinados faziam de equivocado. 75 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário