CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Filme do Dia: Jack and the Beanstalk (1931), Dave Fleischer




Jack and the Beanstalk (EUA, 1931). Direção: Dave Fleischer.

Um certo tom “primitivista” imperante na animação produzida por Fleischer, destituída de sua maior criatividade no período mudo, pode ser aqui observada nessa que é mais uma de dezenas de adaptações que a história recebeu do cinema ao longo dos anos, notadamente no universo da animação, faz-se presente logo ao início quando o pretenso “plano ponto de vista” do personagem que arranca um corno de sua vaca para observar de onde caíra o gigantesco charuto do gigante sobre seu telhado é seguido por um plano que pretensamente seria o correspondente de seu olhar, só que de um ângulo totalmente distinto. Embora faça parte da série Betty Boop, esta só surge pela metade da animação, encarnando a personagem da harpista, aqui transformada em mera criada, sendo Bimbo o protagonista. Rapidamente, e sem muitos protocolos, Bimbo passa do status de estranho ao de salvador de Betty, tascando-lhe um beijo na boca. Destaque para a cena em que o gigante lança um jorro de vômito, situação não muito comum na animação clássica. Fleischer Studios para Paramount Pictures. 6 minutos e 58 segundos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário