CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Filme do Dia: Dr. Jekyll And Mr. Hyde (1912), Lucius Henderson




Dr. Jekyll and Mr. Hyde (EUA, 1912). Direção: Lucius Anderson. Rot. Adaptado: baseado na peça de Thomas Russell Sullivan e no livro de Robert Louis Steenson. Com: James Cruze, Florence La Badie, Marie Eline, Jane Gail, Marguerite Snow, Harry Benham.
Médico respeitado, Jekyll (Cruze) se tranforma no abominável monstro Hyde (Cruze), após consumir ele próprio uma droga que criou.  Hyde assassina o pai de sua futura noiva (La Badie) e se torna uma ameaça para a vizinhança. No dia do assassinato é seguido por um policial que o vê se refugiar na mansão de Jekyll. Quando ele adentra a mansão não consegue encontrar pista do criminoso, pois ele já voltou a se encontrar sobre a nobre face do dr. Jekyll. Sem mais conseguir controlar suas alterações, Jekyll foge da esposa quando sente que vai se transformar mais uma vez e é encontrado morto no seu próprio laboratório sobre a face de Hyde.
Ainda que essa seja talvez a mais conhecida adaptação do célebre romance de Stevenson (e igualmente e talvez ainda mais da peça baseada nesse, como era costume então) do período não se trata da primeira, já tendo sido realizadas três, sendo uma delas sueca e outra dirigida por Otis Turner em 1908. Inicia com plano aproximado de um “livro cientifico” a respeito da teoria que Jekyll pretende pôr em prática. Sua mutação de médico à monstro e vice-versa se dá de forma imediata, através de um corte para o plano seguinte ou trucagem ótica, já caracterizado como monstro.Destaque para o modo eminentemente teatral que encena o reencontro de Jekyll com sua noiva, cena essa que abstraído o fato de ter sido filmada fora do estúdio, bem poderia ser visualizada de modo idêntico num palco. Consegue condensar relativamente bem os episódios do romance de modo bem mais efetivo que Frankenstein (1910) havia feito com o romance de Shelley. Em algumas cenas o monstro não foi vivido por Cruze, futuro cineasta de destaque na década seuinte, como se alegou a época, mas sim por Henry Benham.  Existem versões mais reduzidas do mesmo. Thanhouser Film Corp. 12 minutos e 10 segundos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário