CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

terça-feira, 6 de junho de 2017

Filme do Dia: Science Friction (1959), Stan Vanderbeek





Science Friction (EUA, 1959). Direção: Stan Vanderbeek.

Anárquica colagem que se por um lado se atém de forma obsessiva aos temas que povoavam o imaginário da época como poucos (hecatombe nuclear, conquista espacial, lideranças universais), por outro se apresenta como vanguardista em relação a seu uso bem humorado da movimentação de fotos fixas que transformam, em alguns momentos, quase todos os motivos (do Empire State a Torre de Pisa) em bólides voadores (naves espaciais ou mais propriamente mísseis?), numa antecipação ao uso da colagem, que se tornaria comum, ainda que de uma maneira geral menos inventiva do que a aqui apresentada, em produções alternativas da década seguinte. Ao início se apela para clichês do universo da ficção científica, como a pretensa situação de suspense sobre se tocar o botão que provocará a destruição atômica, que justificam o título paródico, ainda que esse já se encontrasse justificado pelo próprio aspecto áspero, de fricção, mais do que simplesmente “engraçadinho”, com que as imagens se chocam, colidem ou se sobrepõem. 9 minutos e 51 segundos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário