CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sábado, 20 de junho de 2015

Meu Caro Diário, 20/07/2006

 Quinta. Estou começando a ficar realmente de saco cheio da diminuta territorialidade que eu possuo aqui no Cortiço. Hoje de manhã, levantei-me no intuito de pôr a roupa para lavar bem cedinho, antes mesmo de sete, mas não consegui porque tinha que ligar a máquina no quarto lá de baixo que está sempre vazio e quando abri a porta havia gente dentro e uma bicicleta segurando a porta que caiu. Devem fazer parte dos argentinos que chegaram ontem e fizeram bastante barulho vizinho ao meu quartito, com crianças e tudo mais – com relação aos últimos, devem ter acordado essa hora que fui por a roupa para lavar, pois havia posto a tv na cama enquanto saía e quando voltei a mesma estava no chão. Não sei nem se ainda vai funcionar. Ontem esqueci o celular no Cinesesc quando fui assitir o belo Samurai do Entardecer. Anteontem a agenda no Violeta. O negócio tá ficando feio. Faltam não mais que quatro dias para minha apresentação em Assis e nada de eu saber onde é a avenida que sairá o ônibus gratuito que consegui e – pior – nada de imprimir o texto para o congresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário