CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

domingo, 3 de maio de 2015

Filme do Dia: Every Child (1979), Eugene Fedorenko



Every Child (Canadá, 1979). Direção: Eugene Fedorenko. Rot. Adaptado: Derek Lamb, a partir do conto Les Mimes Electriques, de Bernard Carez & Raymond Pollender.
Tocante animação canadense que através de recursos simples, tanto em termos de animação como de desenvolvimento dramático, apresenta a história de um bebê que é renegado por todos os moradores de uma vila de casas até ter seu carrinho acidentalmente parado na moradia improvisada de dois homens, aparentemente artistas mambembes, que se interessam pela criança. Destaque para a família com a qual o desenho segue a maior parte do tempo, cujo cachorro, crescentemente irritado com a falta de atenção que lhe é dispensada, apela dramaticamente para que o casal de idosos se desfaça da criança. De quebra, possui uma moldura, presente ao início e final, que sugere elementos da própria produção, assinalados pelos efeitos sonoros, propositalmente acentuados como efetuados pela própria boca dos animadores, a trilha do filme e o próprio bebê que aparentemente lhe inspirou. Desnecessário dizer que no momento em que o carrinho do bebê desce  colina abaixo a primeira associação possível é com a clássica cena de O Encouraçado Potemkin (1925), de Eisenstein, ainda que aqui ela logo se configure como uma descida suave que o levará a um final feliz. Produção vinculada ao Ano Internacional da Criança e vencedora do Oscar da categoria. Curiosamente Fedorenko só voltaria a dirigir outra animação em 2001, tendo dirigido somente essas duas produções. NFB/ONF. 5 minutos e 59 segundos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário