CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Graham Nash shares life stories with Anthony DeCurtis/Meu Caro Diário, 29/09/13





Esperando pelo início do evento de Graham Nash. O “palco” montado para ele e seu apresentador (o escritor de fato do livro?) parece algo ridículo. Duas poltronas de couro em um estrado com tapete. Fica em um gigantesco depósito da livraria, parcamente ocupado por umas poucas caixas, provavelmente de livros. (não se encontra legível) Minha câmera. E provavelmente o fará na hora H. mas ao menos terei um (sic) autográfo dele. Ney não. Queria comprar outro livro, mas o cara do evento disse que ele só autografaria um por pessoa. Alguém está com um vinil do grupo aqui. Acabei de chegar do passeio por Roosevelt Island. Os meninos estão por aqui. Tárik ao menos. Comprei uma biografia de V. Woolf por 1 dólar. De Quentin Bell. Por ironia o último livro que comprei uma biografia dela traduzido para o português e editado pela Cosac & Naif, que deixei com Álvaro. Também estivemos hoje no topo do Rockfeller Center. Espero não ter pago duas vezes pelo evento, pois o cara da bilheteria me parece trucoso ao dizer que não se aceitava cartões do Brasil. Fuck!  Estivemos também no Crysller Building antes, mas soubemos no hall que não havia visitação. Esqueci minha câmara no lobby do Rockfeller e fiquei a lit bit worried most of the time I was at the top. O passeio para a ilha foi muito legal e gratuito – possível com o cartão do metrô. Um teleférico nos leva até a pequena ilha que, no entanto, não é tão desolada como meu guia me fazia crer ao afirmar que só havia um supermercado e uma igreja, o que havia levado ao pé da letra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário