CONTRA O GOLPE CIVIL-MIDIÁTICO-JUDICIÁRIO EM CURSO E PELO RETORNO DA DEMOCRACIA

#ELENÃO

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Filme do Dia: O Dragão de Chita (1935), Rudolf Ising

Resultado de imagem para the calico dream 1935 rudolf ising

O Dragão de Chita (The Calico Dragon,EUA, 1935). Direção: Rudolf Ising.
Garota adormece e seus brinquedos adentram um mundo de fantasia de pano que inclui um dragão de três cabeças. Esse exemplar da série Happy Harmonies, que já a partir do título mal consegue disfarçar ser produzida para concorrer com a mais célebre série produzida pela Disney, Silly Simphonies, conquistou uma indicação ao Oscar da categoria. Tal indicação hoje soa algo despropositada, dado o grau de inserção da mesma à produção rotineira do período – a quantidade de títulos que faz uso da licença do gênero fantasia através do universo dos sonhos nesse período é exorbitante; por outro lado a qualidade de seus traços e suas cores fazendo uso de um processo bifásico deixam a desejar com relação à concorrência. Se é verdade que a repetição ad nauseum de clichês como o do universo de fantasia associado ao sonho e movido em grande parte por canções será substituído, majoritariamente, na década seguinte, por uma série de cacoetes que tampouco deixam de com o tempo se tornar igualmente em boa parte viciados, aqui ainda se conta com o agravante de seu enjoativo tom de ingenuidade. Ising-Harman para MGM. 7 minutos e 55 segundos.