CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Dylan x Woody

"Woody Allen nunca foi condenado por nenhum crime. Que ele tenha escapado do que fez comigo me atormentou enquanto eu crescia", completa no texto Dylan Farrow, que acusa Hollywood de ter fechado os olhos para os fatos e de ter continuado a premiar o cineasta.

Essa declaração da ex-enteada de Allen apenas demonstra o quão parece cada vez mais difícil se separar julgamentos estéticos de morais nos dias de hoje. Que a primeira parte da sentença faça sentido, caso ela de fato tenha sido abusada por ele, ok. Agora que ele não tenha reconhecimento artístico por conta disso seria, no mínimo, bizarro. Um dos maiores escritores do século XX, Thomas Mann, aparentemente abusou do próprio filho. Isso torna seus livros melhores ou piores?

Nenhum comentário:

Postar um comentário