CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Christ Cleansing the Temple, El Greco (provavelmente antes de 1570)


Nessa cena tempestuosa, El Greco descreve a ira de Cristo expulsando os mercadores do Templo. Tema incomum, tornou-se crescentemente popular na segunda metade do século XVI, promovido pelo Concílio de Trento enquanto símbolos da tentativa da igreja católica purificar a si própria após a Reforma Protestante. Aqui El Greco retrata mulheres parcialmente cobertas e homens de peito nu se contorcendo para escapar dos golpes do chicote de Cristo, enfatizando a agitação dos participantes e exagerando sua irreverência. O cenário é de uma grandiosidade clássica, mais evocativa dos palácios renascentistas italianos que dos ambientes sagrados do Templo em Jerusalém.

Esse painel foi pintado em Veneza antes de El Greco viajar para a Espanha. O espaço ilusionista e as figuras voluptuosas nessas obras iniciais são grandemente diferentes do espaço chapado e formas estilizadas da arte bizantina, que continuaram a dominar a pintura do artista, nativo de Creta. A chegada de El Greco à Veneza, por volta de 1567, coincidiu com o auge de sua façanha artística. Que um artista cretense tenha absorvido a influência dos mestres venezianos e ensinado a si próprio uma nova forma de pintar é evidente nos movimentos e drama, nas figuras solidamente modeladas e audaciosas cores desse painel. A influência dos venezianos é igualmente evidente no elaborado cenário arquitetônico com sua complexa perspectiva.
Texto: National Gallery of Art. Nova York: Thames & Hudson, 2005. pp. 79.

Nenhum comentário:

Postar um comentário