CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Filme do Dia: Posto de Controle (2003), Yoav Shamir

Machssomim Poster

Posto de Controle (Mahssomim, Israel, 2003). Direção e Fotografia: Yoav Shamir. Montagem: Era Lapid.
Esse documentário apresenta cenas cotidianas nas diversas fronteiras de Israel e os territórios palestinos. O que mais se destaca é uma leitura próxima e repleta de pequenos eventos, fazendo um movimento contrário ao das reportagens televisivas. Em quase nenhum momento existem conflitos mais sérios. As armas que são utilizadas por ambos os lados são as do discurso e da improvisação. Enquanto no lado palestino  a todo momento se ouve o discurso que implora para o ingresso em áreas sob o controle militar israelense e algumas ocasionais queixas diretas à câmera sobre “como eles nos tratam”, do lado oposto o que fica constrangedoramente explícito é a falta de critérios para liberar ou deter os que tentam cruzar os postos de controle. O filme faz uso tanto de recursos do melodrama (as imagens das crianças chorando, porque não podem atravessar a fronteira, e devem retornar sozinhas pra casa, enquanto a mulher adulta que os acompanha pode ou a dos jovens que não podem ser acompanhados pelo pai para visitar um parente doente, entre muitas outras) como de uma dramaturgia próxima do cinema de Kiarostami, em alguns de seus melhores momentos, que expressam o completo nonsense de certas situações. Também faz uso de elementos da comédia, já que existe muito humor presente nos contatos entre os soldados israelenses o que apenas reforça a pretensão do filme de apresentar o lado humano em situações limítrofes, o que nem por isso obscurece a situação de humilhação constante dos palestinos. Nesse sentido, o humor apresenta um certo amadorismo por parte dos jovens soldados israelenses, seja quando um deles se atrapalha com os vários idiomas que tem que lidar, quando entrevista palestinos ou quando outro tropeça e quase cai ao descer de um ônibus. Amithos Films. 80 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário