CONTRA O GOLPE CIVIL-MIDIÁTICO-JUDICIÁRIO EM CURSO E PELO RETORNO DA DEMOCRACIA

#ELENÃO

sábado, 28 de abril de 2018

Filme do Dia: Cheer Up (1924), Stephen Roberts




Cheer Up (EUA, 1924). Direção: Stephen Roberts. Fotografia: J.S. Brown. Com: Cliff Bowes, Virginia Vance, Eddie Boland, Frank Alexander, Tommy Hicks, Sidney Smith.
Jane Ellen (Vance), possui três horas para decidir com quem se casará ou perderá seus interesses numa fábrica. Ela possui, no entanto, dois  pretendentes a noivo dispostos a casar. Uma série de confusões decorrentes dessa rivalidade findam com Jane Ellen escolhendo Little Bem (Bowes). Casamento concretizado, o casal foge da festa e vai direto a sua nova casa. O rival, no entanto, mau perdedor, levará literalmente a casa ao chão. Um dos poucos sobreviventes dos cerca de 80 filmes curtos que Bowes atuou para o estúdio, morrendo ele demasiado precoce (24 anos), e também jovens morreram sua parceira regular, Vance e o realizador (ambos 40 anos), consegue ser em alguns momentos espontaneamente hilário, como quando o jovem pretendente a Jane Ellen rouba algumas flores que pertencem, na verdade, ao chapéu de uma senhora que se encontra do outro lado da janela. Ou ainda, numa gag digna de Chaplin, quando Little Ben rodopia ao sabor de uma espécie de saca-rolhas gigante que o rival insere na madeira da casa. Outros, soam engenhosos mais pelo efeito de composição das cenas, como é o caso dos dois carros dos pretendentes se chocando e eles caindo de ambos em movimento acrobático. Fred Hibbard Prod. para Educational Film Exchanges. 9 minutos e 57 segundos.