CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sexta-feira, 24 de março de 2017

Filme do Dia Magoo's Glorious Fourth (1957), Pete Burness





Magoo´s Glorious Fourth (EUA, 1957). Direção: Pete Burness. Rot. Original: Ed Nofziger & Dick Shaw. Música: Dean Elliot.

No dia da independência, Magoo decide embelezar sua casa comprando flores, mas na verdade compra  fogos de artifício. As chamas de seu charuto provocam uma explosão sequencial dos fogos, mesmo que seu sobrinho Waldo tenha tentado deter. Waldo é levado pela polícia como culpado, enquanto Magoo acredita que toda a culpa é do gato.  Faz parte da série original que logo a seguir ganharia uma versão para a TV com traços mais pobres e com uma percepção menos acurada na sua crítica sobre o americano médio. Trata-se curiosamente, de uma série que não envolve qualquer tipo de antropomorfismo, elemento considerado quase sagrado entre todas as companhias que produziam animação até o momento. 5 minutos e 44 segundos.

5 comentários:

  1. Como bem foi dito, o personagem permite uma boa crítica ao americano médio, que, além de tudo, é "cegueta" como Magoo.

    ResponderExcluir
  2. Então, dado uma revisitada na produção da UPA recentemente, e pretendo traduzir dois capítulos de um livro sobre o estúdio lançado recentemente, se tiver tempo e saco o suficiente rsrs...dei-me conta de quanto há um preço a pagar pela persistência do modelo de um personagem diante de uma série de animação. Acredito que a UPA foi revolucionária em vários aspectos da animação, do estilo dos traços ao fato de abdicar das facilidades das personificações antropomorfizadas dos animais como era praxe até então, mas é irônico que o maior sucesso tenha se dado com a continuidade de um personagem; revendo vários curtas da companhia, percebi que os que eu mais gosto disparadamente são os que desenvolvem somente uma história em um curta. Abs.

    ResponderExcluir
  3. não necessariamente todos, evidentemente, mais tem alguns que são verdadeiras obras-primas e poderiam entrar sem grande esforço na coletânea das melhores animações de todos os tempos.

    ResponderExcluir
  4. Sim...ele é ótimo. Depois dos curtas feitos para o cinema, tem uma série também para a tv. e na época que vi acho que exibiam tanto os curtas realizados para o cinema quanto os para a tv.

    ResponderExcluir