CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sexta-feira, 31 de março de 2017

Filme do Dia: Eu Ainda Estou Aqui (2010), Casey Affleck



Resultado de imagem para i´m still here 2010 poster

EU Ainda Estou Aqui (I'm Still Here, EUA, 2010). Direção: Casey  Affleck. Rot. Original: Casey Affleck & Joachin Phoenix. Fotografia: Magdalena Górka. Montagem: Dody Dorn & Peggy Eghbalian.

Esse documentário, ao apresentar o mergulho da personalidade aparentemente em confusão mental do ator Joaquim Phoenix, numa malfadada incursão como cantor de rap, consegue traçar um dos retratos mais crus e despojados que um ator (ou ex-ator) de Hollywood já se permitiu. Phoenix se entristece na visita ao músico e produtor Sean “Diddy Combs” e imediatamente apela para cocaína, permanece praticamente catatônico em uma entrevista com David Letterman, agride um homem que se encontra no público de uma apresentação sua em Las Vegas e vomita logo após diante das câmeras e, após discutir com seu assistente, torna-se vítima de seus excrementos enquanto dorme. A dimensão de exploração sensacionalista de um personagem/situação-limite paira sobre todo o documentário, porém parece menos importante do que o desvelamento da complicada relação entre individualidade, no caso aparentemente vítima de uma situação de desequilíbrio e reivindicadora de sua integridade pessoal, e a percepção da situação por toda a mídia. Essa relação, mesmo que seja rearranjada, quando se conta com a informação extra de que se trata de um mockumentary, ou seja um documentário fake, torna-se não menos digna de interesse em sua problematização sobre a “verdade midiática”, a “verdade” apresentada pelo próprio Joachin e sua entourage e a compreensão de se tratar pretensamente de um documentário fake.  Destaque para o belo plano final de Phoenix adentrando uma laguna no Panamá natal de seu pai – sendo que no filme é o pai de Affleck, o realizador e um dos melhores amigos de Phoehix que faz as vezes de suposto pai do ator. They Are Going to Kill Us Prod. para Magnolia Pictures. 108 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário