CONTRA O GOLPE CIVIL-MIDIÁTICO-JUDICIÁRIO EM CURSO E PELO RETORNO DA DEMOCRACIA

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Filme do Dia: Maria Helena - A Mulher de Todos (2015), Cristiano Souza




Maria Helena – A Mulher de Todos (Brasil, 2015). Direção: Cristiano Souza. Com: Castanha, Mário Cardona, Levi Vieira, Thiago Lopes.
Cobiçada por todos, Maria Helena (Castanha) é explorada por seu cafetão Marcelão. Ele quer que ela participe de filmes pornôs. Ela, por sua vez, pretende buscar o verdadeiro amor.
Curta pretensamente cômico que, na verdade, com sua tentativa escrachada de humor a partir da figura-título, travesti, apenas reforça os estereótipos e preconceitos vinculados a tal universo. Guardadas as devidas proporções, o retrato do travesti é tão caricato quanto as incursões do Primeiro Cinema em relação às mulheres e pessoas do campo, com o diferencial de que muitas daquelas produções se encontravam entre a vanguarda do que se produzia em termos de imagem e movimento então e que se continuar com tal tipo de opção em termos de humor, mais de um século após não é exatamente algo digno de elogio. Sua referência ao filme de Sganzerla no título parece soar ainda mais equivocada, já que completamente distante, em termos ideológicos e estéticos, daquele. A presença de canções de Billie Holiday, em busca de um choque estético, tampouco é bem resolvida. Pretende tirar partido do travesti Castanha, protagonista de vários curtas e de um longa, dirigido por David Pretto, no mesmo ano. Cristos Prod. 17 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário