CONTRA O GOLPE CIVIL-MIDIÁTICO-JUDICIÁRIO EM CURSO E PELO RETORNO DA DEMOCRACIA

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Filme do Dia: Zhil-Byl Pyos (1982), Eduard Nazarov




Zhil-Byl Pyos (URSS, 1982). Direção e Rot.Original: Eduard Nazarov. Fotografia: Mikahil Druyan. Montagem: Yelena Mikhaylova. Dir. de arte: Alla Goreva & Eduard Nazarov.


Cão envelhecido e já sem maiores utilidades para uma família camponesa ucraniana, é literalmente chutado para fora por seu dono quando um ladrão invade a casa e ele não esboça qualquer reação. Sozinho na floresta faz amizade com um lobo igualmente decadente. Juntos, forjam a situação de sequestro de um bebê da casa e a posterior luta, com o cachorro trazendo de volta a criança a salvo e recuperando seu posto. Em dia de casamento e comida farta, o cão traz o lobo faminto para se banquetear e, depois de seus uivos, é expulso da casa novamente pelo cão, que o observa se afastar de volta a floresta.

Admirável curta de animação soviética em que a medida certa entre humor e melancolia o transforma numa agridoce observação sobre a vida em seu ocaso, assim como uma perspicaz crônica de uma comunidade tradicional ainda baseada em sua união com a terra e os fortes laços familiares, observados em segundo plano. Mesmo que a qualidade de seus traços, encontre-se longe dos grandes mestres da animação soviética, adapta-se perfeitamente aos propósitos requeridos. Destaque para o momento em que cão e lobo uivam juntos do alto de uma colina e para o momento em que o cão observa melancólico o seu companheiro se afastar, reforçando o filme igualmente como um peculiar filme de companheiros.  Soyouzmultfilm. 9 minutos e 54 segundos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário