CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Filme do Dia: Ser e Ter (2002), Nicolas Philibert


Ser e Ter Poster


Ser e Ter (Être et Avoir, França, 2002). Direção: Nicolas Philibert. Fotografia: Laurent Didier, Katell Djian, Hugues Gemignani & Nicolas Philibert. Música: Philippe Hersant. Montagem: Nicolas Philibert.
Esse documentário filmado na pequena cidadezinha de Saint-Etienne Sur Usson, acompanha o cotidiano de um professor e seus pequenos alunos. Ainda que o objetivo  do cineasta tenha sido o de mostrar a ineficácia de um método de ensino ancorado na repressão da liberdade criativa e da autonomia até mesmo motora das crianças – várias cenas apontam para isso – secundarizadas pela necessidade de incutir nelas o conteúdo formal e prepará-las para a disciplina escolar, o filme talvez se destaque mais pelo meticuloso olhar investigativo, pronto a captar muitos dos detalhes do ambiente da sala de aula. Embora, a figura do professor soe um tanto quanto antipática (ecoando as típicas figuras de poder do cinema documental de Frederick Wiseman) em diversos momentos e muito pouco sensível às sensibilidades específicas como a de uma garota portadora de deficiência ou as idiossincrasias irreverentes do pequeno JoJo, também dá voz para que o próprio professor explique porque escolheu esta profissão e o flagra visivelmente emocionado, quando se despede da turma. Seu apurado minimalismo e seu extraordinário senso de ritmo, intercalando longos planos de transição de motivos pastoris, tem um que da poética ficcional, o que talvez explique o inesperado sucesso de bilheteria que o filme representou na França. Canal +/Centre National de Documentation Pédagogique/CNC/Gimages 4/Le Studio Canal +/Les Films D´ Ici/Maïa Films/arte France Cinema. 104 minutos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário