CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sábado, 7 de junho de 2014

Filme do Dia: Rabbit Every Monday (1951), Friz Freleng



Rabbit Every Monday (EUA, 1951). Direção: Friz Freleng. Música: Carl W. Stelling.
Há uma verve de se fazer piadas metanarrativas nessa animação na qual Eufrasino tenta sem sucesso fazer um assado de coelho as custas de Pernalonga que vai além da média habitual da série, por si só já elevada, e que talvez seja o maior charme da mesma.  Já de início Eufrasino brinca com a própria platéia do cinema quando um homem se levanta e sua sombra se projeta sobre a tela, ameaçando-o com seu inseparável bacamarte, estendendo depois a ameaça a todos os espectadores da sala de cinema. Já próximo de seu final é a vez de Pernalonga soltar uma pérola, após aparentemente enganar Eufrasino prometendo uma festa animada dentro do fogão e se sentir penalizado em ter que ligar o fogão, dizendo para ele que na verdade se tratava “somente de uma gag”. Por fim, contradizendo a preocupação paternalista de Pernalonga, Eufrasino acaba lhe mostrando que de fato existe uma festa bem animada, sendo inserida um plano de ação ao vivo provavelmente de alguma produção do estúdio. O resultado final, ao mesclar metanarrativa ao seu humor anárquico e nonsense, próximo dos Irmãos Marx, é simplesmente delicioso. O título é uma paródia de um filme dirigido por George Seaton, originalmente intitulado Chicken Every Sunday, lançado dois anos antes. Warner Bros. 7 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário