CONTRA O GOLPE CIVIL EM CURSO E A FAVOR DA DEMOCRACIA

sexta-feira, 2 de maio de 2014

A rarefação ou desaparição da maior parte dos cineastas italianos reveste-se de um duplo sentido: alguns, mas trata-se de um pequeno número, entregam-se, isoladamente, a reflexões que os levam a conceber uma ideia diferente e eficaz do cinema e da vida. Outros, os mais numerosos, reagem segundo o instinto de conservação, mantendo quase inalteráveis os velhos esquemas dos seus juízos políticos e culturais.

Pio Baldelli, Les Débuts de Rossellini et le Cinema de Salò

Nenhum comentário:

Postar um comentário